suplementos alimentares

Carregando...

sábado, 27 de novembro de 2010

Como Emagrecemos ?

 
 
Imagine que na parede da célula de gordura exista uma porta muito estreita e que seja necessária a divisão do triglicerídeo (Gordura) em partes menores (ácido graxo e glicerol) para permitir sua passagem.

Para engordar, o triglicerídeo assume formas mais simples para entrar na célula, e depois se combina novamente. Para emagrecer também é necessária a quebra em formas mais simples para ocorrer a saída da célula.

O que regula entrada e saída de gordura na célula é a quantidade de glicose que existe no sangue. Mantemos uma quantidade de glicose circulante para fornecer a energia necessária para as funções vitais do nosso corpo. O coração precisa bater, o pulmão respirar e assim por diante.

Quando a glicose proveniente do alimento se reduz a níveis críticos, o estômago começa a se contrair em ondas peristálticas que se tornam muito fortes e aceleradas, podendo persistir por 2 a 3 minutos. Começa uma dor localizada, sensação de vazio e falta de concentração. Isto se chama FOME!

Se o indivíduo não ingerir nenhum alimento imediatamente, começa o emagrecimento pela saída de gordura dos depósitos para fornecer a energia necessária ao funcionamento vital. Lembrando que as funções vitais são prioritárias e para isto existem as reservas.

Quando algum alimento é ingerido, a taxa de glicose aumenta e o emagrecimento pára. Começa, então, a utilização dos nutrientes vindos da alimentação.

Emagrecemos e engordamos várias vezes ao dia por períodos pequenos. Por que não tirar proveito desta situação?

Quando se tem fome é que se emagrece! A sensação de fome significa que o seu organismo gastou tudo que você comeu anteriormente. Você escolhe: ou come agora ou o seu organismo vai tirar da reserva, e isso significa E - MA - GRE - CER.

Emagrecer não é difícil, basta prolongar o período em que a taxa de glicose diminui - 15 minutos são o suficiente para diminuir 01 quilo por semana e ter um emagrecimento saudável.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Suplementos: Tipos de proteínas.

O que é proteína?


São constituídas por uma seqüência de aminoácidos, cada uma tendo um perfil de aminoácidos característicos (maior ou menor quantidade deste ou daquele aminoácido) e é isto que determina as potencialidades da proteína: tempo de absorção, capacidade de ser absorvida, anabolismo (capacidade de reparar e construir músculo), anticatabolismo (capacidade de manter a massa muscular adquirida).
Entra no processo de construção do músculo, é o nutriente responsável por sua formação e reparação, pois é dos seus aminoácidos que o corpo se utiliza para realizar a reparação dos tecidos degradados nos exercícios bem como dos demais tecidos do corpo (pele, órgãos internos, etc.).
Quando há deficiência (alimentação insuficente), o corpo passa a utilizar as proteínas armazenadas no músculo, fazendo a pessoa perder massa muscular (catabolismo). O suplemento com proteínas reconstrói as proteínas gastas no músculo e evita que o processo catabólico ocorra, anabolizando os músculos.
Por ser o único macronutriente sem forma de acúmulo para pronto uso no corpo humano, é necessária sua ingestão a cada 3 horas em quantidades de 20-40g para permitir uma reparação constante da musculatura e dos tecidos (mais do que isso é excretado ou transformado em gordura corporal).

Fonte de Proteína

Whey Protein: A proteína mais popular e, considerada por muitos, a melhor. Muito recomendada logo após o despertar e logo depois da malhação (exercícios).
Whey Protein Isolado: Uma variação da Whey Protein, geralmente com maior valor biológico e concentração. Muito recomendada logo após malhar/exercícios intensos.
Proteína Time-Release: Proteína de digestão lenta. Muito recomendada antes de dormir e para quando você for passar por períodos superiores a 3 horas sem ingerir proteínas.
Proteína de Soja: Proteína da soja, uma fonte saudável e eficaz de proteína não-animal. Para toda hora.
Proteínas Combinadas: São suplementos que possuem mais de uma fonte de proteínas (por exemplo: whey + albumina, whey + soja, albumina + soja, etc.).

Forma de Apresentação

Proteínas concentradas em pó: Pó para preparos de shakes com mais de 50% de proteínas.
Barras Protéicas: Práticas e perfeitas para lanches nutritivos e rápidos.
Ready-to-drink: Shakes protéicos práticos e já prontos para beber. Podem substituir algumas refeições, como os lanches.
MRP protéicos: Pós ricos em proteínas para preparos de shakes em potes ou pacotes práticos para substituir refeições.
Amino Líquidos: Proteínas em versões líquidas. Possuem uma alta digestibilidade e são ideais para usar antes e depois da atividade física. Podem ainda servir como uma proteína prática para complementar uma refeição a qualquer hora.
Proteínas em Tabletes: São proteínas em forma de tabletes.
OBS: Se você busca a ação específica de aminoácidos isolados como BCAA, Glutamina e outros, visite o centro especial de Aminoácidos.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Tudo de mais são sobras: Soja

Conheça os venenos da soja para a saúde humana


O veneno está na soja (mesmo na convencional e mais grave na transgênica)

O perígo mais grave é o ácido fítico.

Alerta sobre a soja

A soja começou a ser utilizada como alimento durante a dinastia Chou (1134-246 AC), depois que os chineses aprenderam a fermentar os grãos de soja para produzir alimentos como missô e shoyu. Os orientais consomem alimentos de soja em pequenas quantidades, como condimento e não para substituir produtos animais. A maioria dos alimentos modernos de soja não são fermentados para neutralizar toxinas contidas nos grãos de soja e são processados de tal forma que as proteínas são alteradas e os níveis de cancerígenos aumentam.

* Inibidores de tripsina na soja interferem com a digestão de proteínas e podem causar distúrbios no pâncreas.

* Alimentos de soja aumentam a necessidade de vitamina D no organismo, porém a vitamina D sintética, acrescentada ao leite de soja, é tóxica.

* Os análogos à vitamina B12 na soja não são absorvidos e até aumentam a demanda de vitamina B12 no corpo.

* Alimentos de soja contém altos níveis de alumínio, que são tóxicos para o sistema nervoso e os rins.

* O processamento da proteína de soja resulta na formação de lisinoanalina tóxica e de nitrosaminas altamente cancerígenas. Durante o processamento, também é formado glutamato monossódico, MSG, um potente neurotóxico, e quantidades adicionais são acrescentadas a vários alimentos de soja.

* Altos níveis de ácido fítico na soja reduzem a assimilação de cálcio, magnésio e cobre, bem como a biodisponibilidade de ferro e zinco, necessários para a saúde e o desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso. O ácido fítico na soja não é neutralizado por métodos comuns, como deixar de molho, germinar e cozinhar por muito tempo. Alimentos que contém grandes quantidades de ácido fítico causaram problemas de crescimento em crianças.

* Megadoses de fitoestrógenos, no pó de soja para lactentes, são implicados no atual aumento do desenvolvimento sexual prematuro em meninas e no retardamento do desenvolvimento sexual em meninos. Fitoestrógenos na soja interferem na função endócrina e podem causar infertilidade e podem provocar câncer de mama. Vários estudos revelaram que a soja causa infertilidade em animais. O consumo de soja aumenta o crescimento de cabelo em homens de meia idade, indicando níveis reduzidos de testosterona. Tofu era consumido por monges budistas para reduzir a libido.

Fitoestrógenos na soja são potentes agentes antitireóides que causam hipotireoidismo e podem causar câncer da tireóide. Em nenês, o consumo de leite de soja foi associado a uma doença auto-imune da tireóide. Alimentos de soja podem estimular o crescimento de tumores relacionados ao estrógeno e causar problemas na tireóide. A baixa função da tireóide está relacionada a dificuldades na menopausa.

* Em animais, a alimentação com soja mostra que fitoestrógenos na soja são poderosos disruptores endócrinos. A amamentação com soja — que inunda a corrente sangüínea com hormônios femininos, que inibem a testosterona — não pode ser ignorada como possível causa de desenvolvimento alterado em meninos, incluindo o TDAH, transtorno no déficit de atenção e hiperatividade. Meninos expostos a DES, um estrógeno sintético, tinham testículos menores que o normal na fase de maturação.

* Nenês do sexo masculino passam por uma “onda de testosterona” durante os primeiros meses de vida, quando os níveis de testosterona podem atingir aqueles de um homem adulto. Durante este período, o nenê masculino está programado para desenvolver características masculinas na puberdade — não apenas no desenvolvimento dos órgãos sexuais e de outros traços físicos masculinos, mas também na determinação das características cerebrais do comportamento masculino.

* Nenês alimentados com leite de soja têm 13.000 a 22.000 vezes mais compostos de estrógeno no sangue do que nenês que recebem leite em pó comum. O nenê alimentado exclusivamente com mamadeira de soja, recebe diariamente o estrógeno equivalente a, pelo menos, cinco pílulas anticoncepcionais por dia.

* Quase 15% de meninas brancas e 50% de meninas afro-americanas mostram sinais de puberdade, como desenvolvimento dos seios e pêlo púbico, antes dos oito anos de idade. Algumas meninas mostram desenvolvimento sexual antes dos três anos de idade. O desenvolvimento prematuro de meninas foi relacionado ao uso de mamadeira de soja e à exposição a pseudo-estrógenos ambientais como PCBs e DDE.

* O consumo elevado de fitoestrógenos durante a gravidez pode produzir efeitos adversos no feto e, mais tarde, sobre o início da puberdade.

O FDA nunca aprovou a proteína isolada da soja como GRAS (Generally Recognized as Safe), devido à preocupação com a presença de toxinas e cancerígenos na soja processada.

Fonte: Soy Alert!, Projeto da fundação Weston A Price, Washington, 1999.

sábado, 13 de novembro de 2010

Vídeos sobre Alimentos Termogênicos dicas e informações:


A idéia realmente é interessante, alimentos que fazem emagrecer, mesmo dormindo seu metabolismo continua a trabalhar queimando gorduras.

Comentem!!! Mais dúvidas? Perguntem nos comentários pois abriremos boas discussões!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Cuidado Suplementos em demasia causa intoxicação.

A história é a seguinte o cara quer ficar "pocado" dai comprar anabolizantes para cavalos, mas como ele é super "inteligente" lê a bula que indica uma dosagem para o cavalo, como ele é "sabidão" pensa eu vou tomar logo o dobro disso aqui. E dai acontece o que vemos nos noticiários: Jovem morre por uso indevido de esteróides anabolizantes! Então preste atenção neste artigo aqui em baixo extraido do site corpo saun.

Melhorar o desempenho físico sem se exercitar e sem sacrifício, utilizando suplementos alimentares, não é o ideal e pode trazer mais prejuízos do que vantagens. É o que acontece rotineiramente quando o uso de suplementos é feito sem prescrição médica e a ingestão diária dos nutrientes passa dos limites indicados pelos profissionais para cada indivíduo.

De acordo com a nutricionista Suzana Bonumá, o consumo excessivo de nutrientes é mais preocupante ou tanto quanto a contaminação. E a nutricionista afirma que casos de pacientes que exageraram no consumo dos suplementos são muito comuns.

Um dos problemas mais graves e frequentes é a ingestão exagerada de proteínas e aminoácidos, presentes em fórmulas que prometem aumento da força e maior definição dos músculos.
O corpo humano deve respeitar o limite máximo de consumo diário. Os especialistas afirmam que em um grama por quilo de peso, para pessoas que não fazem exercício físico nenhum, 1,6 gramas por quilo de peso para aquelas fisicamente ativas e no máximo 1,8 grama por quilo de peso para atletas de alto rendimento são essenciais.

E o efeito pode ser contrário dizem os nutricionistas, a proteína deixa de ser benéfica e causa aumento de peso e sobrecarga hepática. O excesso de vitaminas causa a chamada hipervitaminose. É quando a ingestão exagerada de nutrientes passa a ser tóxica ao organismo.

Os efeitos da hipervitaminose são diferentes para cada tipo de nutriente. Mas, uma das consequências comum em diversas pessoas é o aparecimento de feridas pelo corpo.

Outro problema, segundo Katiuce Borges, nutricionista especialista em fisiologia do exercício, é a ingestão excessiva de antioxidantes para combater o chamado estresse oxidativo, um dos causadores do envelhecimento precoce. Segundo ela, os atletas têm um nível de estresse oxidativo maior e tentam compensar com o consumo exagerado desta substância, mas enganam-se e o efeito é inverso: aumenta a quantidade de radicais livres.

Tudo sobre os suplementos alimentares

Neste blog você conhecerá tudo sobre suplementos: os melhores suplementos, BCAAs, aminoácidos, termogênicos, emagrecedores, anabolizantes, vitaminas, tudo para academias e malhação.


Abaixo começaremos com um breve artigo sobre
Suplementos Alimentares.

Suplemento alimentar é toda e qualquer substância, no geral formulada quimicamente, que tem a função de completar a ação dos alimentos naturais, dando mais força e energia. O suplemento alimentar é muito procurado por praticamentes de musculação, nadadores, jogadores de futebol, vôlei, corredores e outros. É também fornecido pelos fabricantes com a promessa de ajudar nas dietas de redução de peso/gordura e ou nas dietas de aumento da massa muscular. Como os suplementos alimentares não são substâncias controladas, é possível adquirir em lojas especializadas qualquer um desses produtos contendo creatina, L-carnitina ou enzicoba, que, na verdade, são escolhidos pelas belas embalagens contendo figuras atléticas desejadas, com algumas sugestões de uso e das fórmulas utilizadas.

Tipos de Suplementos:

Suplementos Hipercalóricos

São suplementos que possuem um valor calórico e energético alto. Esses suplementos são formados por carboidratos e aminoácidos essenciais, ou seja, aminoácidos que não produzimos no nosso organismo.

São suplementos proteicos

Possuem a composição de aminoácidos essenciais ao nosso organismo que ajudam na formação dos músculos.

Suplementos Termogênicos

Ajudam na aceleração do metabolismo. Ajudam na perda de peso e redução da gordura corporal.

Suplementos Antioxidantes

Rico em nutrientes antioxidantes, ajuda na purificação do organismo. Quem pratica muita atividade física acaba liberando muitos radicais livres no organismo que são responsáveis pelo envelhecimento precoce ou mesmo que levam a doenças como o câncer. Esses antioxidantes ajudam na eliminação desses radicais livres.

Suplementos Polivitamínicos e Minerais

Para pessoas que injerem poucas vitaminas e mineiras no seu dia-a-dia.

Suplementos Hormonais

São suplementos que estimulam a produção natural de hormônios. Cuidado no seu consumo por conta própria, sempre é necessária uma avaliação médica antes de utilizá-los.